terça-feira, 8 de agosto de 2017

Santana do Mundaú é selecionada para receber Projeto Rondon em 2018

No ano em que completa 50 anos, Rondon volta a percorrer os municípios 

Universitários realizam ações que promovem o bem social em comunidades carentes (Foto: Divulgação / Rondom)

Santana do Mundaú está entre as 25 cidades alagoanas selecionadas para receber o Projeto Rondon em 2018. Em reunião com prefeitos na Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), o gerente do Rondon no Ministério da Defesa, o Coronel Hidenobu Yatabe, apresentou o projeto e anunciou os municípios que vão acolher os universitários rondonistas. 
Com base em um levantamento que leva em conta o índice do IDH, tamanho e necessidades logísticas, o Exército pré-selecionou as cidades de Anadia, Barra de Santo Antônio, Belém, Boca da Mata, Branquinha, Cacimbinhas, Cajueiro, Capela, Chã Preta, Coité do Nóia, Flexeiras, Jacuípe, Mar Vermelho, Maribondo, Messias, Murici, Paulo Jacinto, Quebrangulo, Santa luzia do Norte, Santana do Mundaú, São José da Laje, Satuba, Tanque d’Arca, Taquarana e Viçosa, mas outros municípios ainda podem solicitar adesão.
Coronel do Exército anunciou as cidades que vão receber o projeto (Foto: Ascom / AMA)
No ano em que completa 50 anos, o Projeto Rondon, executado pelo Exército Brasileiro, volta a percorrer os municípios brasileiros em 2018 para superar a meta de 1.142 municípios em 24 estados, participação de 2.170 instituições de ensino superior, 21.436 rondonistas e 2 milhões de pessoas beneficiadas. 
Rondon
O Projeto Rondon, sob coordenação do Ministério da Defesa, é uma ação interministerial do Governo Federal realizada em coordenação com os Governos Estadual e Municipal que, em parceria com as Instituições de Ensino Superior, reconhecidas pelo Ministério da Educação, visa a somar esforços com as lideranças comunitárias e com a população, a fim de contribuir com o desenvolvimento local sustentável e na construção e promoção da cidadania.
O Projeto desenvolve ações que levem benefícios permanentes para as comunidades, principalmente as relacionadas com a melhoria do bem estar social e a capacitação da gestão pública. Busca, ainda, consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social, coletiva, em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses nacionais, contribuindo na sua formação acadêmica e proporcionando-lhe o conhecimento da realidade brasileira.
O trabalho é executado com recursos do Ministério da Defesa em parceria com o município que precisa atender alguns itens como alojar e alimentar os rondonistas durante a permanência no município e disponibilizar o transporte necessário para a realização dos trabalhos no município.
Por: Thiago Aquino com assessoria da AMA
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queridos internautas, não aceitamos em hipótese alguma comentários que ofendam a moral de ninguém, pois o portal é um espaço de informação e comunicação, a nós cabe apenas informar de um jeito honesto e igualitário para todos, obrigado pela compreensão!
Após escrever seu comentário, na opção "Comentar como:" escolha a opção NOME/URL para facilitar. Preencha só o campo NOME, escrevendo seu nome. Agradecemos o comentário!