domingo, 15 de junho de 2014

Festa de emancipação política é marcada por apresentações culturais e exposições

Santana do Mundaú comemorou seus 54 anos neste sábado 



Apresentações culturais e exposições marcaram a festa de aniversário do município de Santana do Mundaú neste sábado (14). As solenidades, que comemoraram os 54 anos da cidade, aconteceram durante todo o dia e se estenderam até a noite.

A abertura aconteceu por volta das 8h em frente à prefeitura municipal com o hasteamento da bandeira, que contou com a presença de autoridades municipais, professores e estudantes. Na ocasião, o prefeito de Santana do Mundaú, Marcelo Souza, falou da burocracia na entrega das casas do programa da Reconstrução. “São muitas as reclamações destas casas, mas tudo será verificado e resolvido”, garantiu.

O gestor aproveitou a oportunidade para assinar um termo de ordem, registrando algumas obras realizadas no município e se dirigiu, junto com vereadores e secretários municipais, a nova Unidade de Saúde Básica na Rua Padre Cícero para a sua inauguração.

Na igreja matriz de Senhora Sant’Ana, os mundauenses participaram da Missa solene. Em sua homilia, padre Givaldo Rocha, administrador paroquial, lembrou que a Igreja esteve sempre presente na história de Santana do Mundaú. “O nome da cidade surgiu por causa da padroeira deste lugar e a nossa igreja matriz atualmente é o único patrimônio histórico preservado no município desde sua construção”.

A feira cultural teve início às 14h e reuniu vários estandes com temas diferentes. A força da agricultura no município foi apresentada ao público com vários produtos, como a laranja lima, que até seus derivados os professores se preocuparam em apresentar. Os artistas da terra também marcaram presença. O repentista Everaldo Caetano, o cordelista Cícero Manoel e o pintor Edinaldo Barros foram homenageados por uma exposição da Escola Monsenhor Clóvis, representando os talentos locais.

Junto com a exposição aconteciam simultaneamente apresentações de danças, poemas e músicas. As escolas municipais, tanto da zona urbana como rural, mostraram a história de Santana do Mundaú por meio de danças culturais, como o coco de roda, frevo, forró e capoeira. Alunos da Escola Manoel de Matos fizeram paródias, lembrando a trajetória do município.

Para finalizar as apresentações e aproveitando o clima junino, as quadrilhas Amantes da Cultura, do Projovem; e a da Melhor Idade, do Cras; atraíram olhares do público com suas apresentações.

A festa de emancipação foi encerrada com os shows das bandas Lambada Elite, Dharley & Dheividy e Ana Lôbo.

DEPOIMENTOS










FOTOS 

Hasteamento da bandeira reuniu autoridades, professores e estudantes
Mundauenses participam de missa em igreja matriz de Santa Ana
Padre Givaldo Rocha presidiu missa solene
Estande em feira cultura apresenta o produto mais cultivado do município: laranja lima 
Outros produtos também foram expostos
Artistas da terra são homenageados na feira cultural
Os artesãos da comunidade quilombola Jussarinha apresentaram seus produtos
Alunos mostram a história da cidade através de danças
Quadrilha Amantes da Cultura do Projovem lembrando a tradição junina
O Grupo da Melhor Idade também apresentou sua quadrilha 

Por: Thiago Aquino / Mundaú Notícias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queridos internautas, não aceitamos em hipótese alguma comentários que ofendam a moral de ninguém, pois o portal é um espaço de informação e comunicação, a nós cabe apenas informar de um jeito honesto e igualitário para todos, obrigado pela compreensão!
Após escrever seu comentário, na opção "Comentar como:" escolha a opção NOME/URL para facilitar. Preencha só o campo NOME, escrevendo seu nome. Agradecemos o comentário!