terça-feira, 9 de abril de 2013

Residencial: Vice-governador recebe prefeito e vereadores

Confira a reportagem!



Aconteceu na manhã desta terça-feira (09/04) no Gabinete do Vice-Governador, localizado no bairro de Jatiúca em Maceió, uma reunião entre o vice-governador de Alagoas José Thomaz Nonô e o prefeito e vereadores de Santana do Mundaú.

O principal motivo da reunião foi para discutir a situação do Residencial Santana do Mundaú, que foi ocupado por centenas de moradores na quarta-feira (03/04).

Reunião reúne prefeito, vice-prefeito, vereadores e representante de  moradores

Falta de estrutura

Nonô diz que Estado irá fazer empréstimo
Thomaz Nonô, vice-governador e coordenador do Programa da Reconstrução, explicou que o Estado irá obter empréstimo para a conclusão das obras. 

O Estado não tem recursos para subsidiar essa estrutura e possibilitar a conclusão do residencial, por isso irá obter um empréstimo. A infraestrutura depende deste dinheiro e acredito que nesses dias isso possa se resolver”. Nonô também informou que o prazo para fim das obras é para dezembro.

Aluguel Social

Morador sugere aluguel social
O representante dos moradores que se encontram no residencial, Ronaldo Cardoso, sugeriu ao vice-governador o pagamento do aluguel social, já que muitas famílias estão pagando com o Bolsa Família. 

Acho difícil, pois não tem fonte para isso acontecer, mas irei conversar com o governador Teotonio Vilela sobre essa questão” respondeu Nonô. Na ocasião, o prefeito Marcelo Souza disse que se caso o Estado pagar o aluguel social, a prefeitura poderá também contribuir com algum recurso.

Financiamento da Caixa

Das 1.261 casas não ficou nenhuma destinada ao financiamento da Caixa Econômica Federal. Em todos os municípios beneficiados pelo programa da Reconstrução, foram construídas casas em excesso e todas são destinadas às vítimas da enchente” esclareceu o vice-governador. Ele sugeriu que, se for o caso de sobrar casas, o município deve aproveitar a oportunidade para elas serem entregues as pessoas que realmente necessitam de uma nova casa.

Ocupação

Sobre a ocupação das casas, o coordenador da Reconstrução, pediu que as pessoas tivessem o cuidado para não danificar as residências: “Quando há uma invasão, quem mais perde é quem invadiu, pois a Caixa só repassa as casas se elas estiverem em perfeitas condições de uso. Então qualquer tipo de dano irá atrasar a vida de quem estar na casa”.

Foi divulgada pela TV Gazeta de Alagoas a notícia de que a Caixa pediu à Justiça de Alagoas a reintegração de posse do Residencial Santana do Mundaú. Thomaz Nonô esclareceu que sobre essa situação quem decide é a Caixa Econômica.

Cadastro

Vice-governador pede que Prefeitura
e Câmara verifiquem cadastro
Até o momento, o número de cadastros das casas destinadas às vítimas da enchente é de 648, sendo que já foram aprovados 437 e 211 estão em análise. Esses foram dados divulgados por Nonô que também informou que 688 casas foram invadidas.

Ele pediu que a Prefeitura e Câmara fiscalizassem o cadastro para que as irregularidades sejam resolvidas. Na ocasião, os vereadores citaram alguns problemas que estão sendo encontrados no residencial: pessoas que não foram atingidas pela enchente e estão ocupando casas; e uma mesma família ocupando várias casas.

Participaram da reunião o prefeito de Santana do Mundaú Marcelo Souza, o vice-prefeito Antonio Carlos, os vereadores Otávio Marques, Jú Pantaleão, Genor, Maciel Barbosa, Tota, Kelly Correia e o representante da comunidade Ronaldo Cardoso.


Por: Thiago Aquino / Mundaú Notícias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. Queremos respostas!quarta-feira, 10 abril, 2013

    Eu queria saber qual "Dezembro" o Sr. Nonô está falando para finalizar as obras, pois todas as vezes que ocorre uma pressão da população ele dá um prazo para entregar as casas e nada. Na verdade deve ser em Dezembro Agosto de Deus.
    Fica difícil acreditar na palavra do Sr. Nonô ou ele fala que não é responsabilidade do Governo ou informa prazos que nunca são cumpridos.
    Esse Governo é uma brincadeira!

    ResponderExcluir

Queridos internautas, não aceitamos em hipótese alguma comentários que ofendam a moral de ninguém, pois o portal é um espaço de informação e comunicação, a nós cabe apenas informar de um jeito honesto e igualitário para todos, obrigado pela compreensão!
Após escrever seu comentário, na opção "Comentar como:" escolha a opção NOME/URL para facilitar. Preencha só o campo NOME, escrevendo seu nome. Agradecemos o comentário!