segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Mãe e seus 7 filhos passam fome em Santana do Mundaú

Família está dependendo de ajuda dos vizinhos

Dona Ana recebe apenas o Bolsa Família para manter sua casa


Dezembro é marcado por confraternizações, banquetes e ceias. O Natal se aproxima! Tempo em que as mesas estão fartas de comidas. Mas para a família da dona de casa Ana Maria da Silva isso fica apenas em sonho.

Mãe de 7 filhos, Ana Maria tem 42 anos e reside no Conjunto Habitacional Arnon de Mello em Santana do Mundaú. Recebe apenas R$ 274,00 reais do programa federal Bolsa Família para manter seu lar. Do dinheiro que recebe, paga R$ 150,00 reais de aluguel e a energia, que neste mês custou o valor de R$ 21,00 reais.  

Na hora da janta as crianças chupam laranja
A dificuldade financeira é perceptível ao chegar a sua residência: por trás de seu semblante triste com os olhos cheios de lágrimas, há 7 filhos com fome e um armário vazio. O pai das crianças não convive com elas e paga uma pensão de R$ 40,00 reais.

Na noite desta segunda-feira (10/12), a agente de Saúde da sua área, Lindaura da Silva, entrou em contato com o Mundaú Notícias para que se fosse feita uma matéria com um apelo de ajuda. Ao entrar na casa de dona Ana, nos deparamos com cenas desumanas: crianças com fome, tendo como janta laranja lima; o filho mais novo, de apenas um mês, não tem sequer um berço. A filha de 16 anos não se encontrava em casa, estava no trabalho.

Vizinhos contribuem com alimentos
A dona de casa falou indignada que não recebeu enxoval do CRAS (Centro de Referencia de Assistência Social): “até os cinco meses de gestação, recebi a cesta básica, mas o enxoval, que as mães ganham após ter o filho, não recebi”. 

Enquanto a equipe do Mundaú Notícias conversava com a Ana Maria, algumas pessoas chegavam com alimentos: “é triste saber que hoje em dia ainda tem gente nesta situação”, afirmou o vizinho conhecido como “Mano”. Já o pintor José Ferreira se comprometeu a mobilizar alguns amigos para colaborar com a família necessitada.

Enquanto a criançada neste Natal quer presentes, os pequenos desta família querem e necessitam de alimentos. A mãe chora pela situação na qual se encontra. Eles não possuem geladeira, o fogão está quebrado, precisam de mais camas e, principalmente, de comida que os façam passar o Natal saciados. 

Mobilização 

Após a matéria do Mundaú Notícias, a família recebeu várias visitas nesta terça-feira (11/12). O Conselho Tutelar, a Pastoral da Criança e a Associação Esperança Para Todos tiveram uma conversa com a dona Ana e se comprometeram em ir em busca de medidas que possam solucionar ou amenizar o problema, "vamos trabalhar em parceria e mobilizar os mundauenses para que contribuam com essas crianças, mas não queremos apenas isso, é preciso que a gestão municipal se posicione, pois esses alimentos doados daqui uns dias acabam e é isso que nos deixam preocupados" afirma o conselheiro Ivanildo. 

A foto em destaque desta matéria foi compartilhada na rede social Facebook e deixaram os internautas comovidos. Várias pessoas entraram em contato para saber como poderia ajudar. Um exemplo foi o vereador Egberto Batista, conhecido como Tôta, que foi até a casa da dona Ana Maria para levar alimentos.
 
Quem se interessar em contribuir com esta família, entre em contato com o Mundaú Notícias através do número (82) 8112-8157. Se preferir, levar alimentos ou roupas para crianças até o Conselho Tutelar na Rua Drº Muniz Falcão.


Por: Thiago Aquino / Mundaú Notícias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

  1. É triste saber disso, que aqui nessa cidade existe pessoas assim, porque creio eu que não só essa familia mais sim outras da rua da caixa D´Água estão passando por isso, ai nos jovens nos perguntamos, cade a assistência? do conselho tutelar pra essas crianças ou da social pra essa familia ou mesmo da prefeitura vendo uma familia mundauense passando por isso.
    É, infelizmente hoje é assim a desigualdade social é grande e o povo orgulhoso do que tem estão vivendo dessa frase hipócrita " si não é comigo e nem com minha familia então estou nem ai com isso. "

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela matéria, mais fico triste pelo conteudo que está sendo mostrado, aonde estam os politicos daí, aonde foi pára a secretaria de Assistencia social. Socorro Socorrrrrrrrro.

    ResponderExcluir
  3. Cade o amor pelo proximo, devemos nos ajudar mais una aos outros, e cobrar cada vez mais das autoridades, e quem tem um pouco mais ajudar aqueles que não tem,por que Deus ama todos os seus filhos igualmente rico ou pobre , preto ou branco.

    ResponderExcluir

Queridos internautas, não aceitamos em hipótese alguma comentários que ofendam a moral de ninguém, pois o portal é um espaço de informação e comunicação, a nós cabe apenas informar de um jeito honesto e igualitário para todos, obrigado pela compreensão!
Após escrever seu comentário, na opção "Comentar como:" escolha a opção NOME/URL para facilitar. Preencha só o campo NOME, escrevendo seu nome. Agradecemos o comentário!