terça-feira, 14 de agosto de 2012

Adquira a obra literária do poeta mundauense Edmilson Soares!

Poeta Edmilson Soares

Quem me conhece, conhece o poeta, e vê que nas minhas veias corre caligrafia, corre também tinta de cansada caneta, que se juntam no papel branco em forma de poesia”. Essas são palavras do jovem mundauense Edmilson Soares que é bastante conhecido em Santana do Mundaú por suas poesias.

O trabalho produzido pelo poeta agora virou pequenos livros que podem ser adquiridos por um preço bem acessível, apenas R$ 5,00 (cinco reais). São 28 sonetos com diversos temas, principalmente sobre romances.

Para adquirir este maravilhoso trabalho, entre em contato:
Celular: (82) 8116-6435 | E-mail: edmilson.opoeta@hotmail.com
Perfil no Facebook | Blog: www.edmilsonopoeta.blogspot.com

Além de divulgar o trabalho de Edmilson Soares, o Mundaú Notícias aproveita o momento para uma entrevista com esse artista da terra.

ENTREVISTA

Mundaú Notícias: Quem é o poeta Edmilson Soares? Fale-nos um pouco sobre você.
Edmilson Soares: Eu sou normal como qualquer outro ser humano, que vive sua vida em busca do bem estar, em busca de realizações, em busca de mostrar minha capacidade acima de tudo. Sou jovem ainda, mas tenho uma maturidade de um homem que já viveu bastante para compreender a vida de todas as formas. Sou também aquele jovem que gosta de se divertir, ir à festa para ter a sensação de que estou aproveitando a vida, gosto de tomar vinho e, às vezes, cachaças. Sou um eterno aprendiz porque, na escola da vida, não há professores, e sim aprendizes, e, acima de tudo, sou eu com todos meus erros e acertos.

M.N.: Quando despertou em você a vontade de escrever poesias? Como foi?
E.S.: Foi no ano de 2000 que escrevi a minha primeira poesia, cujo título foi "Vento Mensageiro". Essa poesia originou-se quando arrumei minha primeira namorada, no momento que ela acabou comigo, aí tive que desabafar, e foi com caneta e papel branco que expressei o que sentia naquele tristonho momento. Eu também tive um sonho muito forte que desejava acima de tudo realizar: era o de me tornar um jogador profissional de futebol. Queria ser muito reconhecido, ser muito glorificado, ser campeão nos times que eu fosse jogar, mas esse sonho se tornou utopia, nunca se realizou. Foi daí que percebi que tinha outro dom, um talento muito bonito oculto em mim, e que deveria ficar exposto no mundo para que todos pudessem ver. Então, já que não pude realizar aquele meu primeiro sonho por falta de oportunidade, estou sendo realizado nesse meu outro no qual me sinto muito lisonjeado.

M.N.: De onde vem sua inspiração ao escrever as poesias?
E.S.: Inspiração é uma dádiva que surge de diversas situações, de diversas pessoas, depende do momento que o poeta está passando. Por exemplo, se estou apaixonado, escrevo para minha amada, etc. Mas o poeta tem um mundo bastante amplo para escrever suas poesia! Carlos Drummond de Andrade disse que “é possível fazer poesia de tudo, de qualquer coisa, basta dar ritmo e sentido nas palavras, para que as poesias não se tornem fúteis, vãs”. Mas, no momento, minhas fontes de inspirações têm sido minha noiva e amiga Rosana Vitorino e minha querida mãe Josefa Maria. Ambas acreditam no meu potencial e na minha capacidade.

M.N.: Você se sente valorizado em Santana do Mundaú pelo trabalho que realiza? E pela família e amigos?
E.S.: Eu deveria ser mais valorizado, mais aproveitado na cidade que habito, pois faço arte e cultura, e uma cidade precisa disso, por isso deveria ser mais valorizado. Não me sinto ainda valorizado totalmente e nem ainda o tanto que eu gostaria, mas estou lutando pra conseguir mais e mais. Minha família sempre me apoia, me passa energia positiva para que eu dê continuidade, mas em relação aos amigos nem todos me valorizam.

M.N.: Além da poesia, você realiza outro tipo de atividade?
E.S.: Além da poesia, eu trabalho como servidor público, gosto muito de jogar futebol, leio muito, adoro assistir filmes, etc.

M.N.: Quais nomes da Literatura Brasileira que você admira?
E.S.: São muitos nomes da Literatura Brasileira, mas, em contrapartida, tem alguns que pra mim se destacaram mais que os outros, por isso tenho certa admiração. São eles: Gregório de Matos, Augusto dos Anjos, Vinícius de Moraes e Carlos Drummond de Andrade.

M.N.: As redes sociais têm contribuído na divulgação de seu trabalho?
E.S.: Grande ajuda e muita divulgação foram pelas redes sociais. Elas sempre ajudaram a mostrar meus trabalhos através do blog, Orkut, MSN, Twitter e Facebook. Todas contribuem para que meus trabalhos sejam mostrados aos amigos e aos leitores de poesias. São fundamentais as redes sociais.

M.N.: Qual a mensagem que você deixa para os internautas do Portal Mundaú Notícias?
E.S.: Primeiro quero agradecer a vocês do Mundaú Notícias por tudo que têm feito para mostrar os acontecimentos em nossa cidade. Agradecer também pelo o que fizeram e fazem por mim, em termos de divulgação. E a mensagem que deixo pra vocês, leitores do Mundaú Notícias, é que o caminho do artista não é fácil, a caminhada é longa e árdua, mas não podemos nunca desistir, porque, apesar de tantos problemas que enfrentamos, lá na frente virá a recompensa que merecemos pelo o valor que temos e pelas boas coisas que fazemos a todo o momento com carinho e amor para todo mundo. O importante é nunca parar pela metade e sempre seguir em frente.


Por: Thiago Aquino / Mundaú Notícias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. deus ilumine teu caminho amigo.
    Sei da dificuldade que existe por ai.
    Mas, o dom divino q tens, mostrar-te-a o caminho certo.
    Insista sempre em seu objetivo.

    Eduardo firme jr

    ResponderExcluir

Queridos internautas, não aceitamos em hipótese alguma comentários que ofendam a moral de ninguém, pois o portal é um espaço de informação e comunicação, a nós cabe apenas informar de um jeito honesto e igualitário para todos, obrigado pela compreensão!
Após escrever seu comentário, na opção "Comentar como:" escolha a opção NOME/URL para facilitar. Preencha só o campo NOME, escrevendo seu nome. Agradecemos o comentário!