domingo, 8 de janeiro de 2012

Municípios de Alagoas ficam de fora de repasses de ministério


Localidades destruídas pelas enchentes não foram contempladas pela pasta da Integração

Nenhum dos dez municípios de Alagoas apontados pelo governo federal como áreas em situação de risco de inundações e deslizamentos recebeu verbas de prevenção em 2011. São recursos que devem ser repassados aos Estados para serem investidos na contenção de encostas e construção de barragens, para conter a força da água nos casos de enchentes.

Na maioria, são as mesas cidades que, em 2010, foram devastadas pelas enchentes que começaram em Pernambuco e “desceram” em direção a Alagoas. Santana do Mundaú, Rio Largo, União dos Palmares, Quebrangulo, Murici e Branquinha são algumas dessas localidades de risco negligenciadas pelo Ministério da Integração Nacional no ano passado.

O levantamento foi feito pela ONG Contas Abertas, que reúne especialistas em finanças públicas. Também aparecem na lista Maceió, Paripueira, Coruripe e Barra de São Miguel. Em todo o País, dos 251 municípios em áreas de risco apenas 23 receberam recursos para essas ações em 2011.

Orçamento promete ser mais “generoso”

Há 15 dias, Fernando Bezerra esteve em Alagoas para assinar convênios de liberação de recursos que somam quase meio bilhão de reais. São repasses para obras no Canal do Sertão, esgotamento sanitário, pavimentação e até para um monumento turístico na orla de Ponta Verde, em Maceió.

Do total anunciado, R$ 8,5 milhões serão repassados, por meio da Secretaria Nacional de Defesa Civil, para execução de estudos técnicos e elaboração do projeto da primeira etapa do programa de amortecimento de cheias e regularização de vazões das bacias dos rios Mundaú e Paraíba.

Por: Gazetaweb
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queridos internautas, não aceitamos em hipótese alguma comentários que ofendam a moral de ninguém, pois o portal é um espaço de informação e comunicação, a nós cabe apenas informar de um jeito honesto e igualitário para todos, obrigado pela compreensão!
Após escrever seu comentário, na opção "Comentar como:" escolha a opção NOME/URL para facilitar. Preencha só o campo NOME, escrevendo seu nome. Agradecemos o comentário!