sábado, 31 de dezembro de 2011

Um Abençoado e Santo Ano Novo para Você


Feliz 2012!
Feliz Ano Novo!



Eis que, com a graça de Deus, vivemos os 356 dias do ano de 2011. Dias marcados por preocupações, tribulações e dificuldades. Dias de corre-corre, de constrangimentos, de aflições, de preocupações, dias de más e muito boas notícias. Dias também de contentamento, de conquistas, de aquisições e vitórias. Simplesmente, vivemos. É isto, vivemos como cristãos, que somos, em 2011.

Desse modo, sabemos que viver não é fácil, é missão árdua, dura e, às vezes, cruel. Mas a grande certeza é que, na dureza da vida, quando temos Deus tudo se transforma, tudo encontra um outro sentido, uma outra razão de ser, ou melhor, de viver.

Somos, todos os dias, agraciados com o grande dom da vida, que Ele nos concede todos os dias. Todos os dias recebemos do autor de todas as coisas a força, a coragem, a esperança e a fé para não pararmos, estacionarmos na vida.

Daí ter sentido a nossa modesta vida. Ela somente encontra sentido junto a Deus. Pois sem Ele, Deus Nosso Senhor, ela, a vida, nossa vida cotidiana, cambaleia, tropeça, manca e cai. Deus, sim, revigora as nossas forças, restaura as energias nossas, dar vigor ao nosso pobre e sofrido ânimo. Deus, de fato, nos sustenta, nos ergue, agarra forte a nossa vida.

Essa certeza da existência de Deus em nosso caminhar é percebida por meio de Cristo Jesus.                    Cristo, luz do mundo, ilumina os passos nossos e pensamentos, o nosso agir no mundo. Guia-nos em meios aos muitos tormentos da vida. Cristo Jesus nos faz sertir e perceber Deus que é Pai, que nos ama muito.

Em cada momento de oração e, sobretudo, em cada Eucaristia fazemos a experiência da vida e presença de Cristo em nós. Somos, de fato, conduzidos por Aquele que é o Pastor de nossas vidas. Sem Ele, sem Cristo, nos perdemos, ficamos como que enfraquecidos, sem direção. E assim Jesus nos ensina: e nos educa na fé: “sem mim não podereis fazer nada” (Jo15,5).

Daqui a pouco, entraremos de cabeça no ano de 2012. Ano que não pertencerá nem estará consagrado a nenhuma divindade pagã. Ano não das crendices e superstições de alguns que se julgam sábios, para não dizer sabidos, demais. Ano 2012, com certeza, da graça de Nosso Senhor Jesus Cristo. Isso.

Para acolhermos, sinceramente, o ano novo que virá, não será necessário vestir branco para atrair a sorte, nem tão pouco comer lentilhas, ameixas ou algo parecido. Também não careceremos, para quem mora próximo do litoral dar dois, três ou quatros mergulhos no mar, nem fazer oferendas. Tudo besteira de quem não tem fé em Cristo.

Para acolhermos, de verdade, o ano novo que virá, necessário será consagrar a vida, vida inteira, vida toda, a Deus, que se fez pequeno, pouco, pobre, ínfimo na gruta, pobre gruta de Belém.  Será fundamental entregar a vida na vida d'Ele, por tudo e depositar tudo em suas benditas e santíssimas mãos. Ele, Ele mesmo, o nosso único e verdadeiro Deus cuida e cuidará de nós.


Portanto, a você e aos seus, um feliz, santo e abençoado 2012. Ano novo, cheio das graças, ricas graças do céu, de Deus.



Por: Padre Valmir Galdino / colaboração Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queridos internautas, não aceitamos em hipótese alguma comentários que ofendam a moral de ninguém, pois o portal é um espaço de informação e comunicação, a nós cabe apenas informar de um jeito honesto e igualitário para todos, obrigado pela compreensão!
Após escrever seu comentário, na opção "Comentar como:" escolha a opção NOME/URL para facilitar. Preencha só o campo NOME, escrevendo seu nome. Agradecemos o comentário!