quinta-feira, 16 de junho de 2011

Barragem: o terror das cidades ribeirinhas

Boatos sobre a barragem assustam mundauenses e os deixa aflitos e pensativos.

Barragem da Adutora Mundaú II em Garanhuns, Pernambuco 
Fotos e vídeo: COMDEC / SANTANA DO MUNDAÚ

A barragem criada como objetivo, abastecer a cidade de Garanhuns, em Pernambuco, a Adutora Mundaú II tem 14 km² de extensão e 32 m de altura, podendo conter um volume de 16.000.000 de metros cúbicos de água, ela por ser de tamanha precisão, tornou-se também uma das maiores ameaças às cidades ribeirinhas.

Santana do Mundaú é uma dessas cidades que além de tudo sofreu há um ano, sua maior enchente, por conta disso fica sofrendo com boatos de que a barragem tem rachaduras, que pode estourar, que não vai aguentar muito tempo com a pressão da água e que foi a causadora da enchente... Bom, isso pode ter ajudado porque abriram algumas comportas, mas de qualquer forma o rio encheria, pois se não tivesse barragem a água iria para o rio.

Confira o vídeo onde mostra o poço de captação de água da barragem:





Por conta desses boatos, há um mês, membros da Comissão da Defesa Civil (COMDEC) de Santana do Mundaú foram até Garanhuns para ver de perto a barragem. O coordenador municipal da Defesa Civil, Ronaldo Cardoso, afirma que não há risco da barragem romper “a barragem é segura e não está preste a estourar, nem tem rachaduras. Foi bem feita com várias comportas para assim diminuir a pressão da água”.

Para a população ter informações concretas, deve entrar em contato com a COMDEC do município, através do número: (82) 8126-2364 e não acreditar em boatos.

MAIS FOTOS DA BARRAGEM:

Adutora Mundaú II
Paredão da barragem
Barragem de 14 km² tem capacidade de 16 milhões de m³ de água

Por: Ramon dos Santos / Mundaú Notícias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. Não vejo grandes problemas com a construção desta barragem, na verdade ela ajuda a população de Pernambuco que necessita de água e retém grande parte da água que poderia causar danos nas cidades ribeirinhas como Mundaú, só para citar a cidade de Recife-PE possui várias barragens de contenção para reduzir a vazão do Rio Capibaribe que antes causava grande transtorno em Recife na época de chuvas e até os dias atuais não houve nenhum rompimento.

    Acredito que uma das soluções para Mundaú-AL poderia ser a construção de barragens de contenção, porém os Políticos não desejam estas obras, pois são caras e devem levar em consideração as chuvas da série históricas de no mínimo os últimos 30 anos.

    Infelizmente as obras para os atingidos pelas enchentes começaram sem planejamento, não houve um estudo de viabilidade sobre qual melhor local para construir a cidade, deveria ter mostrado a população alternativas, local A, B ou C e posteriormente decidir, não impor um local sem estudo especifico.

    ResponderExcluir

Queridos internautas, não aceitamos em hipótese alguma comentários que ofendam a moral de ninguém, pois o portal é um espaço de informação e comunicação, a nós cabe apenas informar de um jeito honesto e igualitário para todos, obrigado pela compreensão!
Após escrever seu comentário, na opção "Comentar como:" escolha a opção NOME/URL para facilitar. Preencha só o campo NOME, escrevendo seu nome. Agradecemos o comentário!