sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Conselho Tutelar acompanha caso de agressão contra menor em Santana do Mundaú


Há poucos dias um caso de agressão a um menor de idade deixou a população de Santana do Mundaú em estado de choque. O mesmo chamou atenção do Conselho Tutelar do município, que vem acompanhando o caso desde o inicio.

O episódio aconteceu na tarde do último domingo, dia 13 de fevereiro, em uma antiga maternidade que serve hoje como abrigo para nove famílias, pois perderam suas casas na enchente de junho do ano passado. A agressora é Maria Aparecida da Conceição, de 40 anos, que mora no abrigo. Ela teria agredido seu próprio filho de apenas 3 anos com socos e ponta pés na cabeça, segundo relatos da menina de 5 anos  que é irmã da criança agredida. Ela diz que quando viu sua mãe batendo em seu irmão, gritou para pedir ajuda aos vizinhos, ela afirma que havia muito sangue no local da agressão e ainda fala que está com medo de voltar a morar com a mãe, pois ela também já foi agredida por duas vezes.
Padastro da criança (à esquerda) diz que mesmo assim é melhor a mãe cuidar dos seus filhos e genro da agressora (à direita) afirma que o motivo do espancamento se atribui a falta de acompanhamento médico.
Conversamos com Gabriel Alexandre da Silva, de 50 anos, que é esposo da agressora e padastro da criança agredida, ele disse que sua companheira nunca tinha demonstrado comportamento tão agressivo como naquele dia.  Falou que no momento da tortura estava longe de casa e foi avisado pelos conselheiros tutelares do município sobre o acontecimento. “Ela já bateu nos meninos , mas  dessa vez foi demais”  diz ele.  Mas quando pergunta sobre a guarda das crianças, diz que mesmo assim é melhor ela cuidar dos filhos e não a justiça.
Falamos também com o senhor Everaldo Laurindo, que é genro da Maria Aparecida, ele acredita que o motivo do espancamento se atribui a falta de acompanhamento médico, pois ela é usuária de medicamento de uso controlado e teria deixado de tomar os remédios sem nenhum parecer médico. Ele mora  no município de Paripueira  e foi acionado pelo Conselho Tutelar de Santana do Mundaú para cuidar dos irmãos do menor agredido.

O que diz o Conselho Tutelar sobre o assunto
Membros do Conselho Tutelar de Santana do Mundaú
Em entrevista com a equipe do Mundaú Notícias o presidente do Conselho Tutelar de Santana do Mundaú, Ivanildo, mais conhecido como “Inhame” disse que desde o primeiro momento, os conselheiros tutelares estiveram presentes na assistência da criança agredida e na família, que nesse caso ocorrido os trabalhos foram feitos em parceria com a Pastoral da Criança e Assistência Social do município, e afirma que a preocupação do Conselho agora é na prevenção de fatos como esse, “na realidade teremos que enfrentar casos como esses por falta das políticas públicas, que não funcionam aqui no município de Santana do Mundaú, a falta de articulações das secretarias de educação, saúde, assistência social e pela falta de estruturas para o Conselho Tutelar” conclui ele. 

Por: equipe Mundaú Notícias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 comentários:

  1. QUER BOM QUE ESSE CONSELHO ESTA MAIS MELHOR COM ESSA EQUIPE NOVA FORMADO POR IVANILDO(INHAME), CRESIVALDO (JADO), FABIANA DE DONA LUCINHA, APARECIDA (CIDA DO CACHORRO QUENTE)NADELSON.

    ResponderExcluir
  2. Esperamos que esse conselho composto por uma dupla quente que fala a realidade e não tem medo e não esconde nada que Inhame e Jado, bém se Jado for o mesmo da Umes vai da certo.

    ResponderExcluir
  3. Inhame pelo menos esse ano procure trabalhar mais e deixe a politica de lado, mundaú sabe que você procura fazer certo mais pensando na politica partidaria isso não pode acontecer.

    ResponderExcluir
  4. Essa foi boa Petrucio, ele tem que trabalhar mais, só que tem que fazer palestra nas Escola palestra esta que o Jado gosta de fazer eu conheço bém queando ele procurava a Secretaria de educação mais nunca teve espaço para realizar seu trabalho.

    ResponderExcluir
  5. Acredito que não seja o melhor momento para atrelar elogio ou oposição a membros do conselho.Estamos lidando com um caso delicado, dessa vez o conselho terá que tomar medidas urgentes e específicas, contando também com a secretaria de assistência social do município. E embora eu seja contra as medidas que serão tomadas pela assistência responsável eu acredito que as pessoas merecem uma segunda chance e até mesmo uma terceira, no entanto, é uma pena que a criança A.C não tenha tido essa segunda chance.

    ResponderExcluir
  6. sou uma pessoa que luta pelos direitos das crianças e dos lescentes disse...segunda-feira, 21 fevereiro, 2011

    o conselho tutelar ta composto por otimas pessoas so cabe a eles trabalhar bem e fazer o certo.
    e não um querer mostar mas trabalho que os outros se é uma equipe tem que trabalhar em equipe.e se deus quizer vai dar tudo certo o caso do menino agredido pela mãe... confio muito e admiro o trabalho de vcs

    ResponderExcluir
  7. Estou com Adilene, mais que toma adecisão não é Conselho Tutelar é o Juiz da Infancia e Promotores, só que cabe ao Conselho cobrar mais da Assinstencia do Municipio, fazer da certo os trabalhos e esquecer a Politica.

    ResponderExcluir
  8. Santana do Mundaú é um dos municípios alagoano que, apresenta casos de violêcia contra crianças e adolescentes.Esse crime precisa ser banido. Para isso e necessário que haja uma união entre sociedade,autoridades e estado para que,juntos possam trabalhar com eficiência.

    ResponderExcluir

Queridos internautas, não aceitamos em hipótese alguma comentários que ofendam a moral de ninguém, pois o portal é um espaço de informação e comunicação, a nós cabe apenas informar de um jeito honesto e igualitário para todos, obrigado pela compreensão!
Após escrever seu comentário, na opção "Comentar como:" escolha a opção NOME/URL para facilitar. Preencha só o campo NOME, escrevendo seu nome. Agradecemos o comentário!